Viagens de negócios – o stress está no ar


Pode parecer que o trabalho e as viagens sejam uma fonte inevitável de estresse, mas é você quem está permitindo que isso aconteça. O que você pode fazer para permanecer calmo e relaxado quando está na estrada?


Perdendo a paciência com a comissária de bordo? Por mais primitivo que possa parecer, mais e mais viajantes estão tendo ataques de nervos causados, em parte, pelo estresse das viagens de negócio.


Milhares de homens e mulheres estão tendo uma jornada dupla de trabalho: apagando incêndios em casa enquanto estão na estrada – ou no ar – cuidando dos negócios. Infelizmente, independente da duração da viagem, o estresse provocado pela tentativa de manter todos os pratos no ar pode prejudicar sua eficácia tanto em casa quanto no escritório.


A escolha é sua


Embora muitos elementos do trabalho, de sua vida pessoal e das viagens de negócio estejam fora de sua esfera de influência, você ainda pode controlar alguns dos fatores que contribuem para o estresse. E até reduzir o efeito de alguns dos elementos fora de seu controle direto.


O estresse relacionado a viagens é resultado não apenas da situação em si, mas de como a pessoa lida com ela Embora você não possa mudar drasticamente sua personalidade ou as responsabilidades do trabalho, você pode administrar suas circunstâncias e características individuais para desenvolver mecanismos para lidar com o estresse e seus efeitos colaterais.


Fatores internos e externos


Alguns dos fatores externos de estresse como atraso nos vôos, viagens a lugares desconhecidos ou apresentações em público podem causar mais ou menos estresse, dependendo de seu nível de ansiedade. O melhor é se preparar para eles. Por exemplo, contrate um motorista ou compre vários mapas quando for a um local desconhecido. Ande com um livro ou jornal para passar o tempo quando houver atrasos nos vôos.


O estresse ocorre no nível emocional, psicológico e físico – pessoas mais ansiosas devem adequar suas respostas ao estresse por meio de processos físicos e mentais como respiração, alongamento, relaxamento ou meditação.


Longe de casa


Um dos aspectos mais negligenciados das viagens de negócio é o estresse de estar longe de casa. As viagens de negócio podem transformar seu trabalho em uma jornada de 24 horas onde não há espaço para a vida pessoal. Mas só trabalho e nenhuma diversão freqüentemente resultam em burnout.


Devido ao constante risco de burnout, as companhias vêm implementando iniciativas como seminários de “sobrevivência”, que ensinam técnicas de administração do estresse. Especialistas recomendam que, mesmo nas viagens, se reserve ao menos duas horas por dia longe do trabalho. Troque de roupa e caminhe um pouco. Tome um banho demorado. Faça alguma coisa que o transporte do papel profissional para o pessoal.


Evite passar todas as noites com os colegas de trabalho, ainda que estejam no mesmo hotel, e programe para que as reuniões depois do expediente aconteçam ao redor de atividades ao invés de jantares regados a bebidas alcoólicas.


Algumas pessoas gostam de amenizar a frieza de um quarto de hotel com itens que as façam sentir em casa, como retratos da família ou o roupão de banho preferido.

É importante manter contato regular com as pessoas da família, através de mensagens pela internet ou telefonemas. Isso é particularmente importante quando os filhos são pequenos e não entendem completamente a necessidade de o pai ou a mãe se ausentarem por períodos maiores.


É grande a tentação de usar seu tempo livre para adiantar partes do trabalho e limitar o contato com a família a um telefonema de 5 minutos. Manter contato com a família ou amigos pode parecer mais um item em sua já atribulada agenda, mas esses contatos são críticos em seu esforço para lidar com o estresse do trabalho.

Em última análise, você precisa avaliar suas prioridades – quais são as coisas que você realmente deseja alcançar em sua vida pessoal e profissional?. A probabilidade é que você chegue à conclusão de que trabalha para viver, e não o contrário.


#vidapessoal #burnout #estresse #trabalho #viagens #stress