• Rosa Maria Paulino

Existe preconceito contra os trabalhadores mais velhos?

Profissionais maduros em busca de uma colocação profissional com freqüência se deparam com preconceitos – velados ou não – com relação à idade. Embora muitas empresas comecem a reconhecer o valor agregado da experiência de profissionais mais maduros, ainda há uma percepção generalizada – e equivocada – de que funcionários mais jovens são mais produtivos.

Isso se reflete em anúncios de emprego que limitam a faixa etária dos candidatos e em departamentos de seleção que não encaminham currículos de profissionais maduros para os responsáveis pela contratação. Essa realidade pode estar mudando lentamente, mas você pode adotar uma estratégia mais efetiva para otimizar suas chances no mercado de trabalho.

Algumas táticas úteis:

  1. Este é o momento de capitalizar os contatos sociais e profissionais que você desenvolveu ao longo de sua carreira. Segundo os profissionais de recrutamento e seleção, a maior parte das contratações são resultado de recomendações.

  2. Demonstre entusiasmo e disposição para trabalhar. Mantenha sua saúde e seu condicionamento físico em dia. Alimente-se bem e durma o suficiente. Você vai precisar estar cheio de energia quando se encontrar com jovens gerentes em busca de profissionais.

  3. Considere empresas pequenas ou formas alternativas de trabalho, como trabalho temporário, consultoria, projetos. Esses arranjos lhe dão visibilidade e podem resultar em ofertas mais interessantes de trabalho. Lembre-se de que o trabalho não vai acabar nunca, mas o mesmo não se pode afirmar quanto ao emprego, na forma como o conhecemos hoje.

  4. Não faça restrições à distância ou ao tempo gasto no trânsito. Se o trabalho lhe interessar, esteja preparado para enfrentar os mesmos problemas enfrentados pelos funcionários mais jovens.

  5. Esteja aberto a mudanças. Existe uma percepção generalizada de que trabalhadores mais velhos resistem a mudanças e preferem continuar a fazer tudo a seu jeito. Mostre que você é flexível, adaptável e disposto a aceitar inovações. E, quanto mais técnica a natureza do trabalho, maior a necessidade de estar disposto a aprender coisas novas.

Por último, encare a realidade e aceite que algumas organizações têm idéias pré-concebidas sobre profissionais de mais idade. Ao invés de lutar contra elas, gaste sua energia com as empresas voltadas para o futuro, que valorizam sua experiência, maturidade e ética de trabalho.

#mercadodetrabalho #network #recolocação #preconceito #projetos #contatos #currículo #maduros #idade #experiência #profissionais #consultoria #trabalhotemporário #maisvelhos